O que possibilita e o que impede a vivência do prazer é uma questão que sempre me chamou atenção. Observo que muitos pacientes passam não só o tempo da consulta, mas parte de suas vidas, falando do que os desagrada, do que lhes falta ou faltou e não se detém…

Fazer download do texto aqui