1º Módulo – Fundamentos da Psicanálise: Teoria, Técnica e Clínica

As aulas teóricas do curso oferecem uma revisão condensada dos princípios básicos da teoria psicanalítica, numa linha de desenvolvimento desde Freud até os principais autores atuais, passando por Klein e Bion.
No decorrer destas aulas os temas abordados são:

  • História do Movimento Psicanalítico
  • Interpretação de Sonhos
  • Primeira e Segunda Tópica
  • O Funcionamento Mental
  • Narcisismo
  • Dualidade Pulsional
  • Fantasias Inconscientes
  • Édipo
  • Formação do Mundo Interno
  • As Posições
  • Formação de Sintomas
  • Formação Simbólica Reparação e Criatividade
  • Inveja e Gratidão
  • Sexualidade I e II
  • Mente Primitiva
  • A Experiência Emocional e os Vínculos
  • Personalidade Psicótica e Não Psicótica

 

Aulas de Teoria da Técnica

Teoria da Técnica é um curso teórico-clínico com estudo dos textos sobre técnica e teoria e discussão de material clínico. Nestas aulas, os temas abordados são:

  • História da psicoterapia;
  • Entrevista inicial – avaliação;
  • Contrato;
  • Setting psicoterápico;
  • Aliança terapêutica;
  • Transferência – contratransferência;
  • Comunicação verbal e não verbal;
  • Interpretação;
  • Reação terapêutica negativa;
  • Acting-out;
  • Enactment;
  • Insight e elaboração;
  • Intersubjetividade;
  • Violação das fronteiras profissionais;
  • Níveis de mudança e critérios de melhora.

Seminários Clínicos

Os seminários clínicos consistem em supervisões de material clínico em pequenos grupos, nos consultórios dos coordenadores. Nestes seminários os alunos têm a oportunidade de participar da discussão dos casos clínicos e confrontar opiniões divergentes sobre o conteúdo apresentado.

2º MÓDULO – Psicoterapia de Adolescentes e Idosos

Aulas de Teoria

  • Adolescência: uma fase da vida ou uma dimensão da mente
  • O ciclo da vida humana (Eizirick)
  • Mudanças psíquicas
  • Culpa Persecutória e Depressiva
  • As sublimações e a simbolização
  • O adolescente e a família. Formação da identidade (Meltzer)
  • O adolescente e a autonomia (Romeu e Julieta)
  • O adolescente e seu corpo
  • Iniciando o processo: primeiras entrevistas (com pais e adolescentes) e particularidades do setting
  • O contato com os pais dos adolescentes – identificações projetivas cruzadas (Cassorla)
  • Trabalhando com o adolescente
  • Dificuldades escolares e a escolha profissional
  • Transtornos alimentares
  • Depressão e o risco de suicídio
  • A Psicose na adolescência
  • O Adolescente borderline
  • Organizações patológicas (Steiner)
  • Quadros de sociopatia e adolescente infrator
  • Drogadição
  • O idoso: corpo e mente
  • Comunicação verbal e não verbal (linguagem e corpo)
  • A memória e a reintegração das lembranças perdidas: o idoso e o tempo
  • Reconstruir ou não reconstruir – o que se perde e o que se guarda no mundo psíquico
  • Envelhecer passivamente ou ativamente
  • Monotonia como negação da angústia de morte
  • Trabalho do luto
  • Plasticidade e busca de ajuda – idade limite e indicação para a psicoterapia
  • “Segundos de eternidade”. .Fantasia de infinito
  • “Virar a página” – fazer “a história total”

Aulas de Teoria da Técnica

Na parte de Teoria da Técnica, houve acréscimos. Passou-se a focalizar o manejo técnico das diferentes patologias:

  • Psicoses
  • Pacientes boderline
  • Abordagens do caráter
  • Abordagem do paciente ansioso
  • Pacientes deprimidos
  • Pacientes histéricos
  • Pacientes obsessivos compulsivos
  • Pacientes narcisistas
  • Pacientes psicossomáticos
  • Pacientes fóbicos
  • Pacientes com transtornos alimentares
  • Perversões

Seminários Clínicos

Os Seminários Clínicos são realizados em pequenos grupos. O aluno traz um histórico clínico e uma sessão de atendimento para discussão e ilustração teórico-técnica.
Os alunos passam por diferentes coordenadores de seminários clínicos.

3º MÓDULO – Psicoterapia de Crianças

Aulas de Teoria

  • Principais condições mentais de funcionamento psíquico da criança: a criança “saudável”, a criança predominantemente neurótica, a criança predominantemente psicótica.

  • Fundamentos psicológicos da análise de crianças

  • Principais condições mentais de funcionamento psíquico da criança – as defesa neuróticas ou mais evoluídas

  • A técnica da análise de crianças pequenas

  • Principais condições mentais de funcionamento psíquico da criança – defesas primitivas

  • A personificação do brincar na criança

  • Principais condições mentais de funcionamento psíquico da criança – eixo evolutivo do desenvolvimento emocional

  • Construção do setting

  • Compreendendo os distúrbios do desenvolvimento – alimentação, sono, controle dos esfíncteres

  • A hora do jogo diagnóstica I e II

  • O aprendizado e as dificuldades escolares

  • Distúrbios do pensamento e o transtorno de déficit de atenção

  • Entrevista devolutiva com pais

  • Interação com os pais durante o processo

  • Exibição e discussão do filme: “Nó Na Garganta”

  • A teoria do pensar de Bion e novas técnicas em análise de crianças

  • Transtornos invasivos do desenvolvimento – o autismo

  • O brincar e o simbólico

  • A criança com traços psicopáticos

  • O luto na infância

  • Comunicação com a criança

  • O atendimento psicoterápico de crianças nas instituições – Atendimento individual, em grupo (família) e orientação de pais

  • Sintomas obsessivos na infância

  • Consultas terapêuticas com crianças e famílias – Atendimento em instituições

  • O processo de adoção: a criança, os pais e o analista

  • Critérios para a finalização da análise

  • Do Desenho ao tablet – como conversar com crianças em análise

  • As narrativas e os personagens
  • Reflexões sobre a criança na sociedade ocidental de hoje
  • Crianças vitimizadas: a necessidade de lembrar e de esquecer

 

Seminários Clínicos

Os Seminários Clínicos são realizados em pequenos grupos. O aluno traz um histórico clínico e uma sessão de atendimento para discussão e ilustração teórico-técnica.
Os alunos passam por diferentes coordenadores de seminários clínicos.

Frequência do Curso

Será fornecido certificado de aproveitamento.
Freqüência mínima: 75%