O título me parece ambíguo: é o homem contemporâneo, é a sociedade contemporânea ou é a violência contemporânea?

 

Fazer o download do texto aqui